Fisioterapia Aquática

A Fisioterapia Aquática consiste em um método terapêutico que utiliza a água como componente de tratamento e tem sido utilizada por diferentes culturas há muitos séculos. É fundamentada no movimento humano, tendo um planejamento específico e adequado para cada paciente. Seus resultados têm se demonstrando muito positivo no tratamento e na prevenção de várias patologias, ampliando a perspectiva de recuperação para muitos indivíduos.

Seus benefícios são advindos das propriedades físicas da água (massa, peso, densidade relativa, pressão hidrostática, flutuação, turbulência, tensão superficial e viscosidade) que desempenham papel fundamental para fins terapêuticos. A flutuação, por exemplo, atua no suporte às articulações reduzindo a descarga de peso corporal, e é capaz de proporcionar assistência ou resistência ao movimento na água.

Os principais efeitos terapêuticos dos exercícios na água estão relacionados ao:

  • Alívio da dor e espasmos musculares;
  • Manutenção ou aumento da amplitude do movimento das articulações;
  • Fortalecimento dos músculos enfraquecidos e aumento da tolerância aos exercícios;
  • Reeducação dos músculos paralisados;
  • Melhora na circulação sanguínea;
  • Manutenção e melhora do equilíbrio, coordenação motora e da postura;
  • Melhora das atividades funcionais;

A extensão dos efeitos da terapia aquática dependerá da temperatura da água, da duração do tratamento, do tipo e intensidade do exercício e da necessidade específica de cada indivíduo.
No Cerepal, além do atendimento individual do paciente, orientado por um fisioterapeuta, existe a opção de um atendimento a grupos de crianças e suas mães. Este atendimento em grupo tem por objetivo o fortalecimento do vinculo entre mães e filhos, proporcionando trocas de experiências, um ambiente motivador e o desenvolvimento de habilidades.
A Fisioterapia Aquática proporciona à criança um ambiente lúdico, diferenciado, que favorece a realização de diversos manuseios e permite uma abordagem complementar à Fisioterapia em solo.

Possui uma gama variada de indicações:

  • Neurológicas – Paralisia Cerebral, Mal de Parkinson, Alzheimer, seqüelas de acidente vascular cerebral (AVC), poliomielite, doenças degenerativas do sistema nervoso, como distrofias musculares;
  • Reumáticas – Artrite reumatóide, Espondilite, Anquilosante, Osteroartrites ou Artroses, Tendinites, Bursites, Discopatias degenerativas;
  • Ortopédicas e Traumatológicas – Fraturas consolidadas ou em fase de consolidação, Alterações posturais, Entorses, Luxações, Lesões impactantes;
  • Respiratórias;
  • Cardíacas.

Comments are closed.

Centro de Reabilitação de Porto Alegre / R. Brg. Oliveira Neri, 115 - Passo d'Areia, Porto Alegre - RS, 90520-260

Subir ↑